sábado, 31 de janeiro de 2015

Aluna é indiciada por vídeo de topless em biblioteca de universidade

Cena do vídeo estrelado por Kendra - Reprodução da internet
Kendra Sunderland, de 19 anos, foi indiciada por atentado ao pudor após gravar um vídeo em que aparece de topless em biblioteca da Oregon State University (OSU), nos EUA. 

As imagens foram gravadas em outubro, quando Kendra ainda era aluna da instituição, mas só esta semana explodiram na internet. 

O vídeo de 17 minutos, em que a jovem é vista se masturbando, foi publicado em um site pornô, com mais de 160 mil visualizações.

"Não é dessa forma que queremos que a universidade seja vista", disse Steve Clark, porta-voz da OSU, ao jornal "Oregonian".

De acordo com a OSU, a jovem não se matriculou neste semestre. Ela estudava Desenvolvimento Humano e Ciência da Família.

Se condenada, Kendra pode pegar até um ano de prisão e pagar multa de o equivalente a R$ 16,3 mil. Kendra Sunderland - Reprodução/Twitter(@kendrasunderlan)

Nenhum comentário:

Postar um comentário