quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

PRESIDENTE DO SUPREMO PROÍBE DIVULGAÇÃO DE NOME DE EMPRESAS QUE USAM TRABALHO ESCRAVO

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, determinou, em caráter liminar, que o Ministério do Trabalho e Emprego se abstenha em divulgar a relação de empregadores flagrados ao submeter trabalhadores a maneiras degradantes de trabalho ou a condições análogas ao trabalho escravo, a chamada lista suja do Trabalho Escravo. A suspensão da divulgação foi pedida no último dia 22 pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), à qual estão associadas grandes construtoras, como a Andrade Gutierrez, Odebrecht, Brookfield Incorporações, Cyrela e MRV Engenharia. Segundo informações disponíveis no site do STF, em pleno recesso do Poder Judiciário, Lewandowski apreciou o pedido por estar de plantão e apresentou a decisão no dia seguinte. A atualização do cadastro ocorreria esta semana. Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário