sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Gênio dos computadores tem 5 anos

Foto: divulgação/Microsoft
Um menino de apenas 5 anos conseguiu um certificado desejado por muitos universitários do mundo inteiro.
Ayan Qureshi é o mais jovem especialista em computadores certificado pela gigante Microsoft.
O garoto é paquistanês e mora em Birmingham, Inglaterra.

O título de "Microsoft Certified Professional" (MCP) é, por norma, dado apenas na idade adulta a aspirantes a técnicos da área das tecnologias da informação (TI), mas Ayan querou a regra.

O prêmio foi dado pela multinacional no mê passado e reconhece a eficiência profissional de indivíduos com os sistemas operativos da Microsoft

Apaixonado por tecnologia o menino foi incentivado pelo pai, Asim Qureshi, que é consultor de TI, e ensinou ao filho os "truques" da construção do hardware e das ligações em rede, conta o jornal britânico The Independent.

Em Setembro, o menino, que se mudou para Inglaterra em 2009, completou com sucesso o exame da Microsoft na Universidade de Birmingham, que passou pela criação de uma rede com dois computadores de secretária, dois portáteis, um interruptor e um 'router'. 

Em entrevista à publicação inglesa, Ayan, que acaba de completar seu sexto aniversário, contou que, com a ajuda de tutoriais em vídeo da internet e com o apoio do pai, aprendeu a instalar e a configurar o Windows 8 e 8.1 e ficou "encantado" por descobrir que os dispositivos podiam ligar-se uns aos outros e transferir dados entre si. 

Para alcançar a certificação, o jovem estudou cerca de duas horas por dia durante dois meses, trabalhando arduamente mas sempre com grande satisfação. 

"Ele gosta tanto de computadores que estes meses foram divertidos", revelou o pai. Ele assegura que o filho "é muito esperto e adora tecnologia". 

O próximo desejo de Ayan é experimentar e descobrir o Windows 10. "É parecido com o Windows 8, mas melhor, penso eu", disse ao The Independent.

O oequeno génio garante que está aberto a descobrir coisas "novas e entusiasmantes". Com informações do Boas Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário