segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Papa diz que abandono de idosos é 'uma eutanasia mascarada'

O P​apa Francisco elogiou neste domingo a terceira idade e denunciou o abandono dos idosos como um "eutanásia mascarada", durante um dia de homenagem aos idosos, na presença de Bento XVI.

O Papa emérito de 87 anos, que não aparecia em público desde a canonização de João XXIII e João Paulo II em abril, chegou sorridente, apoiado numa bengala, e foi calorosamente recebido por seu sucessor.

Sob o sol na Praça São Pedro, onde se reuniram milhares de idosos, Bento XVI sentou-se um pouco distante para ouvir ao lado de Francisco os testemunhos de pessoas idosas sobre suas angústias, dificuldades, mas também sobre as alegrias da velhice.

Contudo, ele não compareceu à missa celebrada por uma centena de sacerdotes idosos.

Elogiando o seu antecessor, Francisco disse que estava feliz em vê-lo no Vaticano: "É como ter um avô sábio em casa".

Apesar das dificuldades ligadas à idade, os idosos podem ser "árvores que continuam a dar frutos", insistiu Jorge Bergoglio.


Para isso, ele desejou que aqueles que não têm família sejam acolhidos em lares para idosos que "não sejam como prisões, mas pulmões da humanidade em uma cidade, um bairro, uma paróquia".

"Um povo que não lida bem com seus idosos é um povo sem futuro (...) porque ele perde a memória", disse o Papa.

"Quantas vezes nós jogamos os idosos em um abandono que não é nem mais nem menos do que uma eutanásia mascarada! Este é o efeito da cultura de desperdício que causa tanto mal ao nosso mundo", declarou.

Durante a cerimônia, que foi acompanhada por canções dos tenores Andrea Bocelli, Massimo Ranieri e Claudio Baglioni, tomaram a palavras várias famílias que relataram seu testemunho.

Entre estas, um casal de idosos cristãos procedentes de Erbil, no Curdistão iraquiano, ambos de 70 anos e pais de 10 filhos, que tiveram que escapar da zona em agosto após o ataque dos jihadistas do Estado Islâmico (EI).

O pontífice também se referiu a eles quando assegurou que "a violência contra os idosos, como contra as crianças, é algo desumano".

"As crianças são abandonadas, os jovens são abandonados porque não têm empregos, e os idosos são abandonados sob o pretexto de manter um sistema econômico equilibrado, no centro do qual nós não colocamos a pessoa humana, mas o dinheiro", acrescentou.

Francisco se reúne muito frequentemente com famílias e jovens. Mas esta é a primeira vez, a uma semana do sínodo (assembleia de bispos) sobre a família, que ele convoca a terceira idade para cumprimentar sua importância na sociedade. Foto: Tony Gentile/Reuters-Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário