quarta-feira, 30 de julho de 2014

Pesquisa diz que metade de mulheres não se sente culpada em trair

Foto: Repropdução
Estudos lançados recentemente mostram que as mulheres têm mudado a respeito de algumas questões, até então dadas como improváveis. Entre as mais polêmicas está uma que revelou que 55% das mulheres que mantêm relações extraconjugais dizem que não se sentem culpadas quando o assunto é traição. 
De acordo com o levantamento do site Victoria Milan –especializado em quem deseja “pular a cerca” –, 37% das mulheres que traem acreditam que “não estão fazendo nada de mal”. No mesmo estudo, 70% delas afirmam que o parceiro não as deixaria se os casos extraconjugais fossem descobertos. Do outro lado, parece que os homens não tem curtido a mudança. De acordo com o levantamento, 91% dos homens afirmam que iriam romper caso “as odisseias extraconjugais” delas fossem expostas. Outra pesquisa polêmica informa que a partir dos 39 anos, os homens ficam “invisíveis sexualmente” para as mulheres. Segundo o jornal britânico “The Telegraph”, em estudo feito no Reino Unido, 52% das entrevistadas disseram que os homens dessa idade passam a ser “vistos como figuras paternas em vez de símbolos sexuais”. Apenas a aparência foi levada em consideração, uma vez que, entre as queixas da idade, estavam “queixo duplo”, “madeixas grisalhas”, “queda de cabelo” e “dentes ruins”. Informações de O Tempo. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário