quarta-feira, 30 de julho de 2014

MS: Frio mata mais de mil bois em Coxim

Produtores rurais da região de Coxim (MS) contabilizaram ao menos mil mortes de bovinos, nesta segunda-feira (28). Conforme o Sindicato Rural de Coxim, a principal suspeita é de que o gado tenha morrido de hipotermia - quando a temperatura do organismo cai bruscamente de maneira não intencional.
A presidente do Sindicato, Terezinha Cândido Silva, acompanhada da técnica da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) da região, visitou quatro fazendas da região. “Os produtores ainda estão contabilizando as mortes. Alguns falam em 800, outros 300 e 200. Ainda não sabemos quantas são, mas passa de mil”, disse Terezinha, informando que nunca haviam sido registrados casos de hipotermia antes nessa região . Há três anos, Mato Grosso do Sul já registrou o mesmo problema, mas na região de fronteira, onde as temperaturas são mais baixas no inverno.
O temor dos produtores da região é que o gado tivesse sido acometido por alguma doença. Exames clínicos, contudo, apontam que o gado morreu devido às baixas temperaturas que atingiram a região, nos últimos dias. Terezinha explica que todas as fazendas em que foram registradas as mortes possuem controle sanitário – aplicação de vacina controlada por técnicos da Iagro - em dia. “Esse fator aumenta a possibilidade de ser hipotermia”.
Terezinha Cândido Silva afirma que, agora, espera uma orientação da Iagro para ajudar os produtores rurais do município. “Vamos ver quais os produtores prejudicados e aí orientá-los”, afirmou a presidente.
Um dos produtores da região, Eduardo Rocha, disse ao Correio do Estado que ainda não contabilizou quantas mortes e não sabe precisar o valor do prejuízo. “Fiquei sabendo que aconteceu em várias propriedades. Amanhã [terça-feira] vou para a fazenda do meu pai, no Pantanal, onde há muitas mortes de gado também”, informou. Fonte: Jornal Correio do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário