quarta-feira, 30 de julho de 2014

Avanço do vírus Ebola paralisa campeonato de futebol em país africano

A Libéria anunciou a paralisação de todas as competições de futebol por causa do avanço do vírus Ebola, que já matou mais de 600 pessoas em países da África Ocidental. O fato de ser um esporte de contato acabou fazendo com que essa decisão fosse tomada para tentar diminuir os contágios. Libéria, Serra Leoa e Guiné são países que já tiveram as mortes confirmadas pela ação do vírus, que ainda não tem uma vacina e cuja taxa de mortalidade em seres humanos varia entre 25% e 90% dos casos. O Ebola é transmitido por contato direto com sangue, fluidos ou tecidos de pessoas ou animais infectados. Desde março, foram registrados 1.201 casos de Ebola e 672 mortes em Guiné, Libéria e Serra Leoa, informaram os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos. Os norte-americanos alertaram para a possibilidade de o vírus se espalhar rapidamente pelo mundo. A presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, anunciou no começo da semana o fechamento da maior parte das fronteiras terrestres do país afetado pela epidemia de Ebola, depois que o letal vírus tropical se espalhou para duas das maiores cidades da região. ( BBC Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário