domingo, 30 de março de 2014

Pesquisa revela que cerveja pode reduzir agentes cancerígenos presentes em carnes grelhadas

Pesquisadores vêm buscando há tempos encontrar ingredientes que reduzam a presença de agentes cancerígenos nos produtos durante o processo de grelhagem, e agora parece que encontraram um: a cerveja.

Isabel Ferreira, da Universidade do Porto, descobriu, junto com seus colegas, que existe uma possível ligação entre carnes grelhadas e o câncer colorretal, uma vez que hidrocarbonetos aromáticos policíclicos são formados quando temperaturas altas são usadas para grelhar carnes. 

Tais hidrocarbonetos também podem ser encontrados nos escapamentos dos carros e na fumaça dos cigarros. Mas as pesquisas ainda são verídicas para animais de laboratórios, e não foram testadas para seres humanos.

Cerveja, vinho e marinadas de chás se mostraram eficientes para diminuírem níveis de potenciais agentes cancerígenos encontrados em carnes grelhadas. Ainda não se sabe as diferenças que cada tipo de cerveja pode gerar.

Na pesquisa, foram assados cortes de carne suína em uma grelha com carvão por um período de 4 horas, usando marinadas feitas com cerveja Pilsner, cerveja sem álcool Pilsner e cerveja escura. As carnes foram grelhadas até ficarem “bem passadas”. As cervejas mais escuras se mostraram mais eficientes, diminuindo os níveis de 8 agentes significativos em mais de 50 por cento em comparação com os cortes não marinados. Fonte: MegaCurioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário