quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Chefe corta o próprio salário, em vez de demitir funcionários

Quando a situação financeira da empresa onde você trabalha fica ruim, o que o seu patrão? Demite funcionários?
O presidente da Nintendo fez o contrário: decidiu cortar o próprio salário pela metade.
Satoru Iwata já havia tomado medida similar quando baixou o próprio pagamento na época do lançamento do Nintendo 3DS, em 2011, antes diminuir o preço do aparelho.

Outros executivos da empresa também sofrerão cortes no salário, que vão de 20 a 30 por cento, segundo reportagem do jornal Nikkei.
A redução nos salários dos chefes e chefões foi tomada depois que os resultados da Nintendo ficaram abaixo do esperado nos últimos anos.
Iwata diz que os pagamentos serão reajustados no futuro, dependendo de como estiver a situação financeira da empresa, mas que a princípio isso deve durar por cinco meses.
Recentemente a Nintendo reduziu a expectativa de venda de consoles para acompanhar o desempenho lento do Wii U nas lojas do mundo todo.
A empresa vendeu 2,41 milhões de unidades do aparelho desde o seu lançamento, no fim de 2012.
Xbox One e PlayStation 4 alcançaram a mesma marca poucas semanas depois de chegarem às lojas.
Com informações da Info.

Nenhum comentário:

Postar um comentário