terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Quatro fatos marcantes do futebol mundial

Massagista goleiro

Em 2013, durante a série D do Brasileirão, Romildo da Silva, massagista do Aparecidense (GO), invadiu o campo e defendeu o gol ao ver que o Tupi (MG) marcaria. Após evitar a derrota, ele se escondeu no vestiário.

Grito para quebrar
Alex Stepney, goleiro do Manchester United, da Inglaterra, gritou com tanta força para os zagueiros que quebrou o queixo, numa par tida de 1975. Ele teve que sair do jogo...

Juiz romântico
Com medo de apitar um jogo entre os times Chapecoense e Avaí, de Santa Catarina, em 1975, o árbitro Albir Renzi disse que só entraria em campo se rosas fossem distribuídas! Os jogadores fizeram mais do que isso: entregaram a ele belos buquês vermelhos. Que amor.

Bom de cheiro
Pouco antes da Copa de 1966, a taça Jules Rimet desapareceu de onde estava em Westminster, na Inglaterra. Quem achou o troféu foi o cão Pickles, depois de desenterrá-la de um jardim numa casa em Londres. Que olfato, hein? 
http://www.diariodepernambuco.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário