terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Governo divulga nova lista do trabalho escravo no Brasil

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Uma nova lista do trabalho análogo à escravidão no Brasil foi divulgada nesta segunda-feira (30) pelo Governo Federal. Atualizada a cada seis meses, a "lista suja" apresentou 579 nomes de empregadores que foram flagrados por manter empregados em condições de trabalho forçado. 

Os empregados recebiam apenas comida e abrigo para se manter. Pagamento de salários e direitos trabalhistas como o auxílio saúde, família, etc. eram praticamente extintos. 

Entre os estados que apresentam o trabalho escravo, o Pará lidera a situação com 26,08% dos casos. Mato Grosso (11,23%), Goiás (8,46%) e Minas (8,12%) seguem como os outros que mais abusam do trabalho em condições de escravidão. Acesse a lista aqui. 

Outros 108 novos empregadores foram incluídos na lista. E mais dois reincluídos por ordem da Justiça. Entretanto, dezessete integrantes foram retirados da lista anterior por terem ajustado suas condutas a partir de inquéritos administrativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário