sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Verdades e mitos sobre o estabilizador do seu computador

Há quem acredite que deixar o estabilizador do computador ligado o tempo todo ajuda a manter a segurança oferecida pelo equipamento. Mas será que isso pode causar problemas ao computador?
Os fabricantes não têm nenhum tipo de recomendação a esse respeito e nunca foi informado que o estabilizador precise ficar ligado. Além disso, o consumo de energia fica muito maior e deixa a conta de luz mais cara.
Também deve ser levado em conta o fato de que o estabilizador dissipa calor durante seu funcionamento, podendo chegar a uma temperatura de 40 graus e deixar o ambiente e os dispositivos próximos muito quentes.
Outro ponto importante é que, ficando ligado o tempo todo, haverá um desgaste maior das peças do estabilizador e, consequentemente, uma diminuição da sua vida útil.
Ao contrário do que muitos usuários pensam, comprar um estabilizador não garante que o computador fique livre de danos. Se houver uma descarga elétrica superior ao limite do equipamento, por exemplo, ele pode ser danificado e o computador também, mesmo que esteja desligado. E, nessas situações, pode ser necessário trocar peças específicas ou ocorrer até mesmo a perda de todos os dados.
Por isso a recomendação é sempre desligar o estabilizador e deixá-lo fora da tomada, especialmente em períodos de chuva forte, raios e trovões.

Para muita gente o estabilizador é inclusive prejudicial ao computador, já que fontes de boa qualidade fazem o mesmo trabalho e de forma mais eficiente. Em tese, eles podem até mesmo reduzir a vida útil da fonte do computador, já que fazem com que ela tenha de controlar mais variações de corrente do que se estivesse ligado diretamente na tomada.(PBK)

Nenhum comentário:

Postar um comentário