quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Comissão aprova voto aberto só para cassação de mandatos

Em mais um lance no jogo entre deputados e senadores para mostrar empenho na votação do fim do voto secreto no Parlamento, uma comissão especial da Câmara aprovou ontem, por unanimidade, a Proposta de Emenda à Constituição (PEG) que acaba com o voto secreto nas cassações de mandato parlamentar, e deve confirmá-la em votação no plenário, na próxima semana. Há uma articulação política no Congresso para aprovar apenas esta proposta, deixando na gaveta uma outra PEC, a do voto aberto para todas as decisões legislativas — já aprovada na Câmara e parada no Senado.Desde junho, como forma de resposta às manifestações de rua, Câmara e Senado vêm aprovando, em comissões e no plenário, emendas que tornam abertos os votos dos parlamentares, sem, no entanto, garantir um resultado final. O primeiro lance foi dado pelo Senado, ao aprovar a PEC do voto aberto no caso de cassações de mandato, mas a proposta demorou a avançar na Câmara, só tendo a primeira apreciação de mérito ontem, na comissão especial.O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário