quarta-feira, 31 de julho de 2013

Para economizar, Marinha do Brasil decide não trabalhar às sextas-feiras

Por conta do corte orçamentário que foi imposto pelo governo federal, e anunciado no dia 22 deste mês, a Marinha decidiu reduzir a jornada de trabalho com a finalidade de economizar. Em comunicado, a entidade declarou que, a partir do dia 2 de agosto, os militares não mais trabalharão às sextas-feiras, com exceção dos que atuam diretamente nas áreas de saúde, ensino e também com o programa do submarino nuclear. Ainda segundo o comunicado, caso haja feriado nas sextas, a folga será no dia anterior. A Aeronáutica também estuda a possibilIdade de suspender o expediente durante um dia da semana. Apenas da Marinha, Exército, Aeronáutica e o Ministério da Defesa, foram bloqueados R$ 3,67 bilhões por determinação do governo. O objetivo é cortar um total de R$ 28 bilhões em gastos do Orçamento de 2013 para conter a inflação. Metro1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário