sexta-feira, 31 de maio de 2013

MEC anuncia mudança em questionário após colocar empregada doméstica entre objetos

O Ministério da Educação anunciou a alteração de um item do questionário do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. No ato da inscrição, os estudantes precisavam responder a perguntas referentes a dados socioeconômicos, como a renda mensal familiar e escolaridade. Na questão número 7, relativa aos itens que o candidato possuía em casa, constava a opção “empregada mensalista”, entre objetos como TV, geladeira, aspirador de pó, automóvel e computador. “É um ato discriminatório porque nos reduziu a objetos. Não foi perguntado se na casa do aluno havia pais, filhos ou parentes. Só objetos e as empregadas domésticas. E o mais grave é que quem elaborou esse questionário são pessoas ligadas à educação, formadores de opinião. Será que eles ensinam para as crianças que empregadas são utensílios domésticos?”, criticou a presidente da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza Maria de Oliveira. Por meio de nota, o MEC informou que “o ministro Aloizio Mercadante considera que a forma da pergunta que se refere a trabalhadores domésticos é inadequada, e vai encaminhar a necessidade de sua adequação, preservando os critérios técnicos, mas garantindo integralmente o respeito àqueles trabalhadores”. Informações do Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário