segunda-feira, 29 de abril de 2013

ITAMARI-BA: Câmara de vereadores rejeita contas de ex-prefeito que ficará oito anos inelegível

A Câmara de vereadores de Itamari, na última quinta-feira, 18, reprovou, por 6 votos a 1, as contas do ex-gestor Waldson Carlos Menezes, popular Kaçulo (PT), deixando o mesmo inelegível por 8 anos. Parecer prévio de nº. 250/12 do tribunal de contas dos municípios, por irregularidades administrativas, referente às contas de 2010. Faltando ainda, as contas de 2011 e 2012. 
Segundo a Ascom da PMI, entre as irregularidades estão: emissão de 8 cheques sem fundo no valor de R$ 15.923,05, ausência de comprovação de despesas referentes aos processos de pagamento nº 837 (R$ 47.901,29), notas super faturadas, entre outros. 
Uns dos registros tidos como também irregulares foi pela 6ª IRCE em face do suposto não encaminhamento àquela Inspetoria, no montante de R$ 174.914,21 relativos aos Convites nºs 009/2010 (R$ 75.500,00), 013-A/2010 (R$ 22.608,80) e 018/25010 (R$ 79.805,41). Irregularidades, falta de compromisso e desrespeito com os munícipes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário