segunda-feira, 29 de abril de 2013

Arábia Saudita tem primeira propaganda contra violência doméstica

Com poucas denúncias, Arábia Saudita tem primeira propaganda contra violência doméstica
A fundação dirigida pelo príncipe da Arábia Saudita, Khalid Al-Faisal, inovou ao lançar uma campanha com um tema até então inédito no país. Com o slogan “há coisas que não podem ser cobertas”, em trocadilho com o retrato de uma mulher que aparece coberta por uma burca e está com um olho roxo, a King Khalid Foundation se posicionou contra a violência doméstica, crime que tem índice de denúncias pequeno em países árabes, através de uma imagem que circulará por jornais impressos, revistas e banners e foi criada pela agência Memac Ogilvy. A intenção é fazer as mulheres terem mais coragem de denunciarem e sentirem que o estado pode e deve protegê-las. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário