domingo, 31 de março de 2013

PT planeja explorar 'ingratidão' de Eduardo Campos

Ricardo Stuckert/Instituto Lula e Raul Buarque/SEI: Lula (ex-presidente) e Eduardo Campos (governador de Pernambuco)Na avaliação dos petistas, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), mostrou "ingratidão" ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff, que contribuíram com recursos federais para seu Estado em níveis inéditos no País. De acordo com a coluna de Claudio Humberto, a estratégia do PT agora é trabalhar este tratamento dado pelo presidente do PSB. De qualquer forma, a instrução de Lula é desmerecer sua candidatura.

Leia abaixo as notas sobre o assunto:
PT vai explorar 'ingratidão' de Campos a Lula

Instruída pelo próprio Lula, a direção do Partido dos Trabalhadores não acredita na candidatura presidencial do governador Eduardo Campos (PSB), mas, em todo caso, a estratégia está definida. Os petistas planejam explorar o que chamam de "ingratidão" de Campos ao ex-presidente, que drenou recursos para Pernambuco em níveis nunca antes vistos na história deste País. O PT-PE inspirou a estratégia.
Barriga cheia
Os petistas alegam que Eduardo Campos tampouco pode se queixar de Dilma, que deu sequência ao tratamento privilegiado de Lula.
Visão petista
Lula desdenha das chances do candidato a presidente do PSB. Ele está convencido de que Eduardo Campos tira votos do PSDB.
Visão tucana
O pré-candidato tucano a presidente, Aécio Neves, acha o contrário de Lula. Para ele, Campos tira votos preciosos de Dilma no Nordeste.
Crédito de Lula
Para ajudar o candidato de Eduardo Campos à prefeitura de Recife, em 2012, Lula sacrificou a candidatura do senador Humberto Costa, do PT. http://www.brasil247.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário