domingo, 31 de março de 2013

MT: Advogada é estuprada e depois degolada

Uma advogada foi estuprada e assassinada na tarde desta sexta-feira,29, em Primavera do Leste, em Mato Grosso.
Alessandra Martignago foi violentada na própria casa e degolada posteriormente. Seu corpo foi encontrado na lavanderia por parentes, que a aguardavam para o almoço de sexta-feira da Paixão. Na perseguição, os suspeitos sofreram um acidente e um quase foi linchado.
Informações preliminares dão conta de que a advogada pode ter sido vítima de uma ação coletiva. Isso porque os familiares e amigos de Martignago viram algumas pessoas no carro da mulher rodando pela cidade. A tentativa de fuga foi feita no próprio veículo da assassinada. 

Os entes de Alessandra acionaram a polícia que iniciou uma perseguição contra os suspeitos. O carro que imprimia fuga caiu em uma lagoa e um dos ocupantes acabou preso. Antes disso, no entanto, populares tentaram impedir o resgate do homem pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e tentaram linchá-lo. O suspeito foi preso muito machucado

De acordo com informações apuradas pelo Jornal Diário o suspeito preso portava identidade com nome de Cristiano Inácio dos Santos, natural do Paraguai, mas do documento não constava a data de nascimento. A polícia não descarta a hipótese de o documento ser falso.

A brutalidade do crime mobilizou a cidade. Os demais suspeitos que ainda não foram capturados, acredita-se, estão escondidos na proximidade da lagoa, em um mato. Policiais, amigos, familiares e voluntários realizam as buscas. http://folhaparanatinga.blogspot.com.br/2013/03/advogada-de-primavera-do-leste-e.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário