quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Vasco e Romário chegam a um acordo sobre dívida antiga

Romário (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
A batalha judicial entre Vasco e Romário chegou ao fim, após as partes entrarem em acordo quanto à dívida milionária cobrada pelo ex-jogador. Em audiência realizada na tarde desta terça-feira, na 48ª Vara Cível do Rio, ficou definido que o clube vai pagar o montante em 120 parcelas de R$ 150 mil, que serão reajustadas em todo mês de janeiro, a partir do ano que vem.

- Acho que o importante é isso (paz selada), esse acordo foi bom para os dois lados, principalmente para o Vasco - disse o presidente Roberto Dinamite, ao deixar a audiência.
Romário pedia na Justiça R$ 58 milhões. Mas, com o acordo, o valor ficará próximo da dívida original, que era de pouco menos de R$ 22 milhões.
O acordo vinha sendo considerado improvável pelas partes, pois a atual diretoria do Vasco contestava a dívida, acumulada ainda na gestão do ex-presidente do clube, Eurico Miranda.
A briga entre Romário e o Vasco vinha se arrastando há um bom tempo. O Baixinho conseguiu até penhorar diferentes bens do clube (até mesmo o passe de alguns jogadores, como Dedé e Fellipe Bastos) por conta da cobrança dessa dívida. O acordo poderá dar um alívio à diretoria vascaína, que busca um reequilíbrio financeiro.
- O acordo é a maneira mais civilizada de resolver os conflitos de interesse. Ainda mais hoje que o Judiciário é assoberbado e há toda uma tendência de resolver conflitos de interesse através de acordos. O Vasco não perdeu nem ganhou, nem o Romário. O acordo mostra a grandeza da alma das duas partes - explicou o advogado contratado pelo Vasco, Silvio Capanema, que tambem é ex-presidente do Conselho Deliberativo do arquirrival Flamengo.
- Estou feliz como advogado, como torcedor estou neutro - completou. De Lancenet

Nenhum comentário:

Postar um comentário