domingo, 30 de dezembro de 2012

Militantes paquistaneses matam 41 pessoas em execução em massa

Militantes paquistaneses mataram pelo menos 41 pessoas em dois incidentes separados, de acordo com anúncio de autoridades locais neste domingo (30). Os Estados Unidos pressionam há algum tempo o Paquistão, seu aliado e possuidor de armas nucleares, a reprimir mais duramente tanto os grupos militantes locais como o Talibã, quanto outros grupos, que estão baseados no seu território e atacam as forças ocidentais no Afeganistão. No norte paquistanês, 21 homens que trabalhavam para uma força paramilitar apoiada pelo governo e que haviam sido sequestrados na semana passada, foram executados durante a noite, segundo uma autoridade da província. Já no sudoeste do país, 20 peregrinos xiitas morreram e 24 ficaram feridos quando um carro-bomba atingiu seu comboio de ônibus, enquanto ele se dirigia para a fronteira com o Irã. Informações da Agência Reuters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário