quarta-feira, 31 de outubro de 2012

STJD pede que CBF suspenda partida entre Inter e Palmeiras

Mowa Press
O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) comunicou ao Palmeiras, no começo da noite desta terça-feira, que acatou o protesto legal referente ao jogo com o Internacional, realizado no último sábado em Porto Alegre. Com a posição, o resultado da partida está suspenso e o jogo passa a não valer para a classificação do Campeonato Brasileiro.


Segundo o diretor jurídico do Palmeiras, Piraci de Oliveira, o Internacional e os envolvidos na polêmica têm dois dias para se manifestar e a decisão sai no dia em que o julgamento for marcado. Segundo a assessoria de Flávio Zveiter, presidente do STJD, a intenção é que isso aconteça até o dia 15 de novembro.  Inicialmente, a diretoria palmeirense trabalhava com a informação de que o julgamento aconteceria já no próximo dia 08.  "O Palmeiras recebeu o despacho do STJD. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não vai homologar a partida, os pontos não vão ser contabilizados até o dia do julgamento. O certo é que os pontos não sejam contabilizados na tabela. O Internacional tem dois dias para se manifestar, assim como os membros de arbitragem que estiveram no Beira-Rio. Essa notícia é ótima e mostra o bom senso das pessoas que comandam o futebol. Agora eles vão analisar se houve de fato a interferência e, se comprovada, a partida vai ser cancelada", disse Piraci de Oliveira, que ainda não quer comemorar a decisão.
Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/esporte/2012/10/30/cbf-congela-pontos-da-vitoria-do-inter-sobre-o-palmeiras-ate-julgamento-no-stjd.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário