quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Noite violenta em SP tem 6 mortes e ônibus incendiado

Da Folha.com
Ao menos seis pessoas foram mortas e um ônibus foi incendiado, entre a noite de ontem (30) e a madrugada desta quarta-feira, na capital e na Grande São Paulo. Nenhum suspeito pelos crimes foi preso. Na região central, um morador de rua foi morto a tiros na rua Carlos de Sousa Nazaré, no centro de São Paulo, por volta da 1h. Outros dois homens foram mortos a pauladas na região central de São Paulo, na noite de ontem. Uma das vítimas é um homem suspeito de roubo que foi morto a pauladas na avenida do Estado, próximo ao Mercado Municipal, por volta das 23h. Outro homem foi morto a pauladas no bairro Bresser. Os três casos foram registrados no registrado no 8º Distrito Policial Brás-Belém. Na zona norte, um homem foi encontrado morto a tiros na rua Aperibé, no Parque Edu Chaves, por volta da 1h30. Segundo a polícia civil, não há testemunhas nem câmeras que possam ter registrado o assassinato. O homem tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas. O caso foi registrado no 73º Distrito Policial, no Jaçanã. Um homem foi morto a tiros em frente a um condomínio rua Jaracatiá, no Jardim Umarizal, zona sul de São Paulo, por volta da 0h30. Segundo a polícia, a vítima chegava de carro em casa quando homens dispararam vários tiros e fugiram. Ele morreu no local. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial no Portal do Morumbi. Na zona oeste, um comerciante foi morto a tiros em frente ao seu bar na rua Major Walter Carlson, no Jardim Arpoador, zona oeste de São Paulo, por volta das 19h30. Segundo a polícia, homens em um carro dispararam vários tiros na direção do bar e fugiram. O comerciante tentou correr e caiu inconsciente a cerca de 30 metros do bar. Ele foi levado ao pronto-socorro Jardim Sarah, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 75º Distrito Policial, no Jardim Arpoador. 

ÔNIBUS INCENDIADO 

Um ônibus foi incendiado na noite de terça-feira na Estrada do Gabiroba, na região do Jardim São Estêvão, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. Duas pessoas ficaram feridas. Segundo a polícia, homens armados obrigaram os passageiros e o motorista a descer do ônibus e atearam fogo. O motorista retornou ao coletivo para buscar um objeto que havia esquecido e levou uma coronhada. Um passageiro assustado foi atropelado ao tentar cruzar a estrada para fugir. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário