segunda-feira, 29 de outubro de 2012

30 DE OUTUBRO


30 de Outubro – Dia do Comerciário

Em todo o Brasil, no dia 30 de outubro, é comemorado o Dia do Comerciário. Para os que ainda não sabem a razão desta importante data, é necessário voltarmos ao início do século passado.

Naquela época,  começaram a surgir  as primeiras associações e uniões (que depois transformariam em sindicatos) de  empregados no comércio (chamados na época de caixeiros) contra  os abusos a que eram submetidos pelos empregadores.
Os comerciários  eram obrigados a cumprir jornadas de trabalho superiores a 12 horas diárias e trabalhar aos domingos e feriados sem direito a folga,  além de conviverem com a ameaça de demissão, caso reclamassem  desse regime de servidão. Contra essa exploração, foi fundada na capital mineira em 11 de junho de 1925,  a União dos Empregados no Comércio de Belo Horizonte -  que hoje é o  Sindicato dos Comerciários;  enquanto em vários estados da federação começavam  também a surgir organizações de comerciários.
Foi através dessas organizações que  no dia 29 de outubro de 1932, aproximadamente  cinco mil comerciários, no Rio de Janeiro, organizaram grande manifestação, marchando em direção ao Palácio do Catete, onde foram recebidos pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas.
Neste memorável encontro, os comerciários entregaram ao presidente as  reivindicações da jornada de trabalho de oito horas diárias e repouso remunerado aos domingos.
Este fato marcou a categoria dos comerciários como os precursores da luta dos trabalhadores na conquista da jornada de trabalho de oito horas diárias e repouso aos domingos e feriados. No dia 30 de outubro foi a publicação no Diário Oficial dos direitos dos Comerciários. Por isso, esse dia  ficou marcado como o Dia do Comerciário e a reivindicação da categoria foi, posteriormente, estendida a todos os trabalhadores do Brasil. Fonte:  SECBHRM
Dia do Balconista - 30 de Outubro

Podemos enumerar uma série de responsabilidades do balconista, o que pode variar é sobre o ramo de atividade da empresa. Controlar a entrada e saída de produtos, conferir, repor, arrumar mercadorias, ter conhecimento da mercadoria que está vendendo, quem produziu e como produziu são atributos de um bom vendedor.

A função do balconista está cada vez mais exigente e faz se necessário pessoas bem treinadas para desempenhar este papel. Cabe ao balconista sugerir alterações sobre a quantidades de produtos expostos nas prateleiras e em estoques dos produtos que são mais vendidos. Também tem que ficar alerta e informar ao comprador da empresa sobre produtos que estão sendo procurados pelos clientes e estão em falta para comercializar.

Outra atividade desempenhada pelo balconista nas empresas é a colocação de preços nas mercadorias. É muito importante verificar se os preços estão etiquetados corretamente e se estão legíveis aos olhos dos clientes. Observar se não existe preços diferentes em mercadorias que são de compras diferentes.

Se a empresa trabalha com mercadorias perecíveis faz se necessário diariamente ao balconista verificar o número de lote do pro­duto e sobre o prazo de validade da mercadoria.

objetivo da empresa é atender bem as necessidades do cliente para que ele retorne e volte a fazer novas aquisições e assim todos possam crescer. E atender bem o cliente e manter este elo de ligação entre empresa e cliente cabe ao balconista. Mais em http://www.portalescolar.net/2011/08/dia-do-balconista-30-de-outubro.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário