domingo, 30 de setembro de 2012

Malufismo e petismo...


"Maluf sempre exibiu uma perversão pessoal, quando parecia colocar-se acima da verdade e da mentira, do bem e do mal, com uma cara de pau absoluta. 
Sempre pareceu um psicopata.

Os petistas se colocam acima da moral, do bem e do mal por uma identificação ideológica, onipotente. 
Não é uma deformação pessoal, é uma deformação grupal. Têm uma ideologia absoluta, onipotente e, portanto, dentro de uma “práxis” pela causa, nada os atinge. Estão acima de qualquer julgamento moral, da verdade e da mentira. Dentro desse delírio grupal, eles põe o malufismo no chinelo.

Nada exemplifica melhor isso do que, após a condenação de João Cunha, vir o presidente do PT dizer que o condenado fora vítima de um golpe político. Nem Maluf ousaria tanto."

* Texto por Valfrido Medeiros Chaves, enviado por e-mail, via Grupo Resistência Democrática

Nenhum comentário:

Postar um comentário