sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Homem que teve crânio perfurado por vergalhão recebe alta

O operário Eduardo Leite, de 24 anos, que teve o crânio perfurado por um vergalhão, recebeu alta na manhã desta quinta-feira(30). Ele estava internado no Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul do Rio, desde o dia 15 de agosto, quando um vergalhão, que estava sendo içado na obra em que trabalhava, despencou de uma altura de 15 metros e perfurou sua cabeça. Eduardo milagrosamente sobreviveu.
“Estou tranquilo, calmo e bem graças a Deus. Minha maior vontade é ver meus filhos e poder dar um abraço neles. Vou dizer que amo muito eles. Às vezes a gente sai para trabalhar e não tem tempo de dizer: ‘filho te amo e esposa, eu te amo’. Quero olhar para eles e poder dizer isso”, contou emocionado Eduardo, que não vê os filhos – de 4 e 1 ano, desde o dia do acidente.
De acordo com os médicos, o operário teve muita sorte de sobreviver sem sequelas. Se o vergalhão tivesse entrado um centímetro para trás, o pedreiro teria perdido os movimentos do lado esquerdo do corpo. “É como se o anjo da guarda dele tivesse de plantão naquele momento. Então, foi milimetricamente projetado para não passar por nenhuma área vital ou de função bem definida”, explicou o chefe do Setor de Neurocirurgia do Miguel Couto, Ruy Monteiro. Fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário