terça-feira, 31 de julho de 2012

Para não ser presa, mulher de Cachoeira paga fiança de R$ 100 mil


Andressa Mendonça, mulher do empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, pagou hoje (31) fiança de R$ 100 mil determinada em medida cautelar expedida pelo juiz federal Mark Yshida. O prazo para pagamento venceria amanhã. Caso não cumprisse a determinação, Andressa poderia ser presa.

Ontem, Andressa ficou três horas na Superintendência da Polícia Federal, em Goiânia (GO), prestando depoimento. De acordo com informações da Polícia Federal (PF), ela recorreu ao seu direito constitucional de não falar. Ela é suspeita de ter chantageado o juiz federal Alderico Rocha Santos, da 11ª Vara da Justiça Federal, que coordena a investigação sobre esquema criminoso que seria liderado por Cachoeira.

Andressa teria dito ao juiz que havia um dossiê contra ele e que ela poderia impedir a publicação desse relatório na imprensa em troca da liberdade e absolvição do marido. Andressa Mendonça foi enquadrada no Artigo 333 do Código Penal por "oferecer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar atos de ofício", diz a decisão judicial.

Na próxima semana, Andressa será submetida a uma acareação na PF, em Goiânia, com o juiz Alderico Rocha Santos. Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário