segunda-feira, 9 de abril de 2012

ITAJÚ DO COLÔNIA-BA: Índios são acusados de matar mulher

Uma mulher identificada como Ana Maria Santos de Oliveira, de idade ignorada, foi morta a tiros por volta das 14:00 horas desta segunda feira (9), uma irmã dela identificada como Odília Santos Oliveira,  que estava de carona no interior do veículo, também foi alvejada, esta última, foi socorrida em estado grave e encaminhada com ferimentos no Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães de Itabuna. Informações das autoridades policiais dão conta que os supostos indígenas saíram do mato e abriram fogo contra o veículo quando este passava na estrada que fica nas dependências da fazenda do agricultor Armando Pinto em Itaju do Colônia. Inclusive membros da etnia tocaram fogo na referida fazenda, e a cidade de Itajú do Colônia está tomada pela fumaça na tarde desta segunda-feira. As autoridades informaram ainda que neste domingo, pelo menos três fazendas da área conflituosa foram invadidas por supostos índios. Segundo ainda informações as estradas estão fechadas pelos pataxós e quem se atrever sair pelo distrito de palmira -sentido Jacareci ou Pau brasil, pode ser emboscado pelos supostos índios. O clima é de insegurança nas estradas vicinais e, não é recomendável que algum motorista desavisado pegue a estrada com destino a Itajú do Colônia pelos trechos apontados pela reportagem. As autoridades policiais de Pau Brasil e Itajú, já estão investigando o homicídio desta tarde, a fim de identificar os acusados neste crime.

2 comentários:

  1. O estado não toma nenhuma providencia. A justiça não cumpre o que promete. O cidadão fica a mercer de bandidos que contam com a impunidade e incompetencia. Isso tudo aconteceu a menos de 1km do centro de Itaju. Onde está o reforço policial que foi destacado para a região para manter a paz? Ou será que foi mandado para proteger os bandidos? Essas invasões estão sendo feitas por bandidos, traficantes e assassinos de Itabuna, Ilheus e Buerarema, contratados pelos índios com capital da FUNAI. Depois que invade põem meia dúzia de desempregados, descendentes de índios para ocupar as fazendas, sabendo que a justiça vai demorar anos para reintegrar a posse aos donos.
    http://itajupaubrasil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. sera que foram realmente os indios, ou estes pistoleiros, policiais, que cobram para dar proteção fajuta as propriedades. o modo operandis, de moto e capuz parece coisa de policial que no afã de mostrar serviço, acabou fazendo uma fatalidade, e deve sim ser responsabilizado por isso fazendeiro ou não.
    o fogo deve ter sido providencial, para encobrir o crime burro cometido. com a palavra os pagantes dos pistoleiros, a cidade não conseguio ver os indios que estariam invadindo. curioso. na alegria os pistoleiros correram e os indios não mataram ninguem ate então nesta operação desencandeada do carnaval para ca..

    ResponderExcluir